O que é um sistema fotovoltaico híbrido e quais suas vantagens

Uma casa com painéis de sistema fotovoltaico híbrido, que garantem eletricidade através da energia solar

O sistema fotovoltaico híbrido é uma forma de geração de energia conectada à rede elétrica (chamado de on-grid) e integrada em um sistema de armazenamento em baterias para backup (chamado de off-grid).

Entenda seu funcionamento e se ele faz sentido para sua empresa.

A energia solar fotovoltaica

Antes de entendermos o que é um sistema fotovoltaico híbrido, é interessante relembrarmos o que é um sistema fotovoltaico e como ele transforma o calor dos raios de sol em energia elétrica.

A energia solar, assim como qualquer energia, é gerada através de processos ocorridos em estruturas propícias a transformarem a fonte — nesse caso, o Sol — em corrente elétrica.

Essas estruturas são as usinas, que podem ser de variados tipos, tamanhos e conceitos.

As usinas solares são divididas em dois tipos: as usinas fotovoltaicas e as usinas termossolares.

Já abordamos um conteúdo completo por aqui detalhando os principais pontos de cada uma delas e da energia solar como um todo.

Hoje, vamos focar na energia solar fotovoltaica.

Usinas fotovoltaicas

Usinas fotovoltaicas geram energia elétrica por meio do efeito fotoelétrico e do efeito fotovoltaico.

O primeiro surge quando um material é exposto à radiação luminosa, ejetando seus elétrons para fora.

O efeito fotovoltaico é um fenômeno parecido, porém, mais atenuado, pois a luz ocasiona o surgimento de uma diferença de potencial no material sem arrancar seus elétrons.

As usinas fotovoltaicas contam com um grande número de placas solares, compostas por células fotovoltaicas. Elas são aquelas famosas fazendas cheias de painéis solares enfileirados.

Essas células fotovoltaicas são formadas por materiais semicondutores, como o silício, capazes de transformar a energia solar em corrente elétrica.

Mas, e o sistema fotovoltaico? O que é?

Sistema fotovoltaico

Basicamente, um sistema fotovoltaico funciona exatamente como uma usina fotovoltaica, só que em menor proporção.

O intuito é o mesmo: fazer com que as células fotovoltaicas transformem a energia solar em corrente elétrica.

A grande diferença é que um sistema fotovoltaico é muito mais fácil de ser utilizado, por diversos fatores: tamanho, preço, manutenção, praticidade, entre outros.

É muito viável e benéfico para empresas e estabelecimentos comerciais.

O sistema de energia solar fotovoltaica mais comum em projetos corporativos é o on-grid; ou seja, aquele conectado à rede elétrica do estabelecimento em questão. Sua instalação é feita através de painéis solares colocados no telhado.

Ao captarem a luz do sol e convertê-la em eletricidade, esses painéis funcionam como uma espécie de distribuidor de energia solar fotovoltaica para todo o estabelecimento em questão, gerando energia elétrica durante todo o período diurno — período em que há incidência de raios solares — e que pode ser consumida em ambientes internos e equipamentos elétricos.

Com certeza você já viu algum deles por aí.

Afinal, energia solar é a fonte mais utilizada em Geração Distribuída no Brasil.

Além disso, a energia solar é uma das fontes alternativas mais promissoras.

Fato que, sem dúvidas, fará com que mais consumidores optem por um sistema fotovoltaico.

Sistema fotovoltaico híbrido

Entendido o funcionamento da energia solar e o que é um sistema fotovoltaico, torna-se mais fácil compreender o que é um sistema fotovoltaico híbrido.

Seu nome já diz muito: um sistema fotovoltaico que possibilita duas formas de operação.

Como vimos, o sistema on-grid é a forma mais utilizada em sistemas fotovoltaicos.

Contudo, existe também o sistema off-grid, que tem como principal característica o “autossustento”.

Ou seja, é um sistema não conectado à rede elétrica, que armazena a energia solar excedente em baterias para ser utilizada quando não houver produção.

Vale destacar que, nos primórdios da energia solar fotovoltaica, o sistema off-grid era o único que existia, pois sua função era justamente levar energia elétrica até os locais em que as redes de distribuição não chegavam. As tecnologias foram evoluindo e nossos domínios sobre elas foram se aprimorando, até que surgiram o sistema on-grid e o sistema híbrido.

O sistema fotovoltaico híbrido é justamente a junção desses dois modelos, permitindo um sistema de geração solar conectado à rede elétrica, integrado com um sistema de armazenamento de energia.

Com isso, ele é capaz de suprir eventuais falhas na rede de energia e pode ser utilizado até mesmo durante a noite.

Como resultado, uma grande economia com os custos e maior segurança na geração e no consumo de energia elétrica.

Casa com um sistema fotovoltaico híbrido em seu telhado, para captar energia solar e converter em eletricidade.
Um sistema fotovoltaico híbrido permite grande economia de custos a quem o utiliza.

Vantagens do sistema fotovoltaico híbrido

Além de economia de custos e segurança, um sistema híbrido também traz uma série de vantagens:

  • Armazenamento de energia solar para ser usada durante a noite;
  • Independência energética mais abrangente (está sempre disponível em casos de crise energética, por exemplo);
  • A fatura de energia sofre grande redução (no momento em que mais se precisa de energia — durante a noite — é possível utilizar a energia elétrica das baterias);
  • Permite que o consumidor faça um uso mais ponderado da eletricidade (ligar máquinas ou equipamentos eletrônicos durante o dia, quando a produção de energia é maior).

Pontos que merecem atenção

Contudo, é preciso atenção em alguns pontos a respeito de um sistema fotovoltaico híbrido:

  • Requer um maior custo de investimento se comparado aos sistemas que não possuem banco de baterias;
  • As baterias têm um prazo de vida entre 7 e 15 anos, bem menor do que os módulos solares (25 anos, em média);
  • Por conta da complexidade de instalação do sistema híbrido, você terá que reservar um espaço maior, novamente por conta das baterias.

Locais mais indicados para se utilizar um sistema fotovoltaico híbrido

Devido a sua possibilidade de integrar os sistemas on e off-grid e suas vantagens, um sistema híbrido é bastante indicado para locais em que os equipamentos não podem parar.

Alguns exemplos:

  • Hospitais;
  • Centros de pesquisas;
  • Centrais de controle de grande porte;
  • Comércios de grande porte, como supermercados e shoppings.

Focus, Geração Distribuída e o uso de energia solar fotovoltaica

A Focus está inserida no mercado de energia elétrica com a proposta de trazer soluções inteligentes que possibilitem negócios sustentáveis de longo prazo para os nossos clientes.

Por isso, decidimos expandir nossos investimentos e apostar em usinas fotovoltaicas (UFVs) capazes de gerar até 672 MW (juntas) de energia renovável e limpa para nossos clientes.

Com isso, trabalhamos estrategicamente em Geração Distribuída para que sua empresa obtenha créditos de energia através de projetos renováveis, como um sistema solar fotovoltaico, e que trazem grande redução na fatura de energia para clientes de baixa tensão.

Seja um consumidor de energia renovável e tenha, além de redução de custos, benefícios como eletricidade limpa, acessível e de qualidade e transforme sua empresa hoje mesmo.

Fique por dentro também de tudo o que acontece no mercado energético brasileiro e de todos os nossos projetos através das redes sociais.

Focus, energia para a vida.

COMPARTILHAR

CATEGORIA

ARQUIVOS

ARQUIVO
focus_energia_logo
powe

Av. Magalhães de Castro 4800 Continental Tower – 9ºandar | Cidade Jardim São Paulo | CEP: 05676-120 | Telefone: + 55 11 3136-0011

© Focus Energia 2021. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Agência Digital em Campinas

© Focus Energia 2017. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Agência Digital em Campinas

Open chat
Fale com nossa área comercial