Como ler a conta de energia da sua empresa

Homem faz cálculos em seu escritório após ler a conta de energia de sua empresa

Você entende todos os detalhes presentes na sua fatura de energia elétrica?

Esse é um documento que apresenta muito mais que a simples informação da quantia a ser paga pelo consumidor.

Nele você encontra dados sobre o fornecimento de energia, os detalhes dos serviços oferecidos, entre outros pontos que devem ser considerados e compreendidos até mesmo para buscar formas de reduzir os custos.

Neste artigo, vamos te explicar como ler a conta de energia da sua empresa.

Confira!

Entender o consumo de energia de sua empresa é fundamental

A energia elétrica é um dos insumos mais importantes dentro do cotidiano de funcionamento de uma empresa e deve sempre ser considerada dentro dos planejamentos financeiros anuais.

Isso porque ela se apresenta como um dos custos mais onerosos no setor industrial e pode significar mais de 40% de seus custos de produção.

Ou seja, a falta de conhecimento a seu respeito, ou não dar devida importância, com certeza trará um impacto negativo financeiramente para o seu negócio.

Além disso, a energia elétrica impacta diretamente na produtividade das empresas e consequentemente na competitividade do mercado.

O que significa que os gestores que souberem analisar e identificar todas as informações referentes ao consumo de energia elétrica terão maior facilidade em suas tomadas de decisões e cálculos de retorno de investimento nas ações que serão realizadas.

Esse aspecto, inclusive, é um dos mais importantes no momento de planejar e procurar uma boa gestão energética.

Em meio a tantas informações importantes e desconhecidas pela maioria das pessoas a respeito do consumo de energia, um item é primordial no momento de analisar o custo que sua empresa tem com eletricidade: a fatura.

Por ser composta de detalhes técnicos, uma grande parcela de clientes ignora assuntos básicos como valores de encargo e consumo ponta e fora ponta, mas que são muito importantes.

Para resolver de vez essa questão, preparamos este artigo para te ajudar a entender como ler a conta de energia de sua empresa!

Vamos?!

A conta de energia

Antes de entendermos todos os aspectos que compõem uma fatura de energia, é muito importante ressaltar que cada distribuidora e estado tem sua forma de faturar, principalmente no que diz respeito aos impostos.

O que isso significa?

Que nenhuma fatura é idêntica à outra.

Vamos focar a seguir em conceitos chaves que estão em todas as contas de energia de distribuidoras espalhadas pelo Brasil e que servem como aprendizagem inicial sobre como ler a conta de energia de sua empresa.

Outro ponto a ser destacado é que falaremos sobre os itens de uma fatura TUSD — Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição — que nada mais é do que o valor monetário determinado pela Agência Nacional de Energia Elétrica, em R$/MWh ou em R$/kW.

Segundo a Resolução Normativa n° 414/2010, estipulada pela ANEEL, as faturas de energia elétrica deverão conter as seguintes informações:

  • Número de instalação ou Número da Unidade Consumidora: código de identificação do consumidor junto à distribuidora;
  • Data de emissão: mês e ano de referência do consumo de energia;
  • Vencimento: data limite para pagamento da conta sem cobrança de multas;
  • Dados cadastrais do cliente: nesse campo, o consumidor pode conferir seu nome ou nome da empresa e endereço. Aqui também está o nome da unidade consumidora, classificação, tipo de ligação e os dados do medidor;
  • Informações fiscais: número da nota fiscal, série, base de cálculo, alíquota, ICMS e número do cliente;
  • Dados leitura do medidor: data da leitura anterior, leitura atual e previsão da próxima leitura;
  • Valor total a pagar: valor total da conta de luz. Nesse campo podem estar embutidas outras cobranças autorizadas por você, como parcelamento de dívidas e doações;
  • Histórico de consumo: relatório apresentando o histórico de consumo de energia nos últimos 13 meses;
  • Tarifas: valores referentes ao tipo de tarifa cobrado. Nesse caso, TUSD;
  • Bandeiras tarifárias: qual tipo de bandeira (verde, amarela ou vermelha) está sendo cobrada naquela leitura;
  • Notificações: espaço para aviso ou reaviso de débitos, serviços de manutenção e semelhantes;
  • Dados técnicos da instalação: classe de consumo, tipo de relógio e tensão nominal, mínima e máxima;
  • Indicadores de qualidade de serviço: dados relacionados à qualidade do fornecimento de energia da sua residência ou empresa;
  • Itens que compõem o valor: valores cobrados dos serviços de transmissão e encargos setoriais para remuneração da estrutura organizacional do setor elétrico, como ANEEL, Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), dentre outros.

 

Essas informações são obrigatórias e estão em todos os documentos de cobrança de energia elétrica, independentemente de sua concessionária ou estado.

Mas para facilitar ainda mais o entendimento de como ler a conta de energia, separamos essas informações em três grandes tópicos: tributos e encargos, tarifas e bandeiras tarifárias.

Homem tenta entender como ler a conta de energia de sua empresa
Entender como ler a conta de energia de sua empresa é fundamental para evitar imprevistos financeiros.

Tributos e encargos

Esses montantes são dois dos grandes responsáveis pelo alto valor monetário das contas de energia em nosso país.

No Brasil, os tributos e encargos divididos nas contas de luz são divididos em tributos federais, estaduais, municipais e setoriais:

Tributos federais

PIS (Programa de Integração Social) que ajuda a completar a renda do governo para pagamento do seguro-desemprego, abono e participações dos órgãos e entidades tanto para trabalhadores públicos e privados e COFINS (Contribuição para o Financiamento do Seguro Social) que também tem colaboração de caráter social.

Tributos estaduais

ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) é um tributo de caráter estadual, onde cada estado possui uma alíquota diferente.

Na conta de luz ele representa a maior parcela de taxas para consumidor.

Tributos municipais

CIP/COSIP (Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública) é um tributo que tem como objetivo arrecadar fundos para a instalação, manutenção e melhorias da iluminação de vias, rodovias, praças, ruas e demais bens públicos.

Encargos setoriais

Esse tipo de encargo foi criado para tornar viável a implantação e desenvolvimento do setor elétrico e para as políticas energéticas do Governo Federal. A soma dos encargos é de aproximadamente 9% em sua conta de energia.

Tarifas

As tarifas são valores embutidos nas faturas para garantir que a energia elétrica chegue aos consumidores com total segurança e qualidade.

Elas são divididas em dois grupos importantes: Grupo A e Grupo B.

Grupo A

São consumidores de alta tensão, ou seja, que estão na faixa igual ou superior a 2,3 kV.

Esse grupo se refere aos grandes consumidores do setor elétrico e são subdivididos nas modalidades convencional, horo-sazonal azul e horo-sazonal verde.

Identificar essas modalidades ao ler a conta de energia pode te mostrar o quanto sua empresa gasta ao consumir energia elétrica no consumo convencional, ponta e fora ponta.

Ter conhecimento sobre esses valores é fundamental na busca de redução de custos.

Outra alternativa para reduzir custos com energia em sua empresa é migrar para o mercado livre de energia, um ambiente de contratação que permite grande economia às suas operações.

Grupo B

São os consumidores de baixa tensão, que estão na faixa inferior a 2,3 kV.

O grupo B é dividido pelas seguintes classes:

  • B1 – Classe Residencial;
  • B1 – Subclasse residencial Baixa Renda, consumo mensal até 30 kWh, consumo mensal de 31 a 100 kWh, consumo mensal de 101 a 220 kWh, consumo mensal superior a 220 kWh;
  • B2 – Classe rural;
  • B3 – Classes industrial, comercial, serviço público, poder público;
  • B4 – Classe iluminação pública.

 

É no Grupo B que existe a possibilidade de consumir energia elétrica através da Geração Distribuída, uma modalidade que permite obter créditos de energia através de projetos renováveis e que são capazes de oferecer redução nos valores da fatura do cliente que a adere.

Os descontos podem chegar a até 30%, sem custos adicionais.

Além disso, sua empresa pode consumir energia verde através de fontes renováveis, como a solar.

Bandeiras tarifárias

As bandeiras tarifárias foram criadas por meio da Resolução Normativa nº 547 da ANEEL, em 2013 e estabelecidas em 2015, com o intuito de comunicar ao consumidor sobre os custos atuais de sua geração de energia.

O objetivo é conscientizar e fazer com que esses consumidores economizem energia e colaborem com a preservação do meio ambiente.

As bandeiras tarifárias estão vigentes tanto para o Grupo A como para o Grupo B e são estabelecidas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), mês a mês.

Existem 3 bandeiras aplicáveis e estabelecidas, que são utilizadas por todas as concessionárias de energia elétrica conectadas ao Sistema Interligado Nacional (SIN):

  • Bandeira Verde: condições favoráveis de geração de energia. A tarifa publicada não sofre nenhum aumento;
  • Bandeira Amarela: condições de geração menos favoráveis. A tarifa publicada sofre um aumento de R$ 0,015 por kWh consumido;
  • Bandeira Vermelha: condições mais custosas de geração. A tarifa publicada sofre um aumento de R$ 0,030 (patamar 1) ou R$ 0,045 (patamar 2) por kWh consumido.

Focus, gestão energética eficiente

Somos uma empresa especializada no mercado de energia e nossa missão é proporcionar soluções rentáveis e sustentáveis aos nossos parceiros.

Coordenados por uma experiente equipe de gestão, atuamos nos segmentos de comercialização, geração, Geração Distribuída e prestação de serviços em energia, atendendo mais de 1.400 clientes de diversos setores da economia.

A Focus está consolidada como uma das maiores comercializadoras independentes de energia do Brasil, com mais de 1 GW médio comercializado por mês, atuando como uma eficiente plataforma integrada de atendimento, oferecendo produtos e soluções de alto valor agregado aos nossos clientes e parceiros.

Focus, energia para a vida.

 

COMPARTILHAR

CATEGORIA

ARQUIVOS

ARQUIVO
focus_energia_logo
powe

Av. Magalhães de Castro 4800 Continental Tower – 9ºandar | Cidade Jardim São Paulo | CEP: 05676-120 | Telefone: + 55 11 3136-0011

© Focus Energia 2021. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Agência Digital em Campinas

© Focus Energia 2017. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Agência Digital em Campinas

Open chat
Fale com nossa área comercial

ATENÇÃO! Em breve este site será descontinuado.

A Focus Energia agora é Eneva.

A partir de agora nossos clientes e parceiros passam a contar com a experiência de uma das maiores operadoras integradas de energia do Brasil, com maior capacidade de investimento e com novas soluções de energia para o seu negócio. Acesse www.eneva.com.br para conhecer mais sobre a Eneva e as nossas soluções em energia.

Siga as nossas redes sociais para ficar por dentro das novidades: